Igreja Católica reza pela libertação de padre e seminarista sequestrados na Nigéria

2023-08-09 18:56:10

acidigital.com

KADUNA, 09 Ago. 23 / 03:43 pm (ACI).- O bispo de Minna, Nigéria, dom Martin Igwemezie Uzoukwu, pediu orações pela libertação de um padre e um seminarista sequestrados por homens armados no dia 3 de agosto, no centro-norte do país.

"Peço suas orações pelo padre Paul Sanogo e pelo seminarista Melkiori, que foram sequestrados por bandidos na madrugada de 3 de agosto de 2023 na residência do padre em Gyedna, estado do Níger", disse dom Martin num comunicado divulgado no dia do sequestro.

"Rezamos para que o Senhor ouça nossas orações e os retorne em paz", acrescentou.

O padre Sanogo, originário de Burkina Faso, é missionário da Congregação dos Missionários da África, conhecidos como Padres Brancos, e Melkiori Dominick Mahinini é um seminarista da cidade de Kigoma, Tanzânia, que faz trabalho missionário com a congregação.

O bispo de Kigoma, dom Joseph Mlola, disse que Melkiori "estava na Nigéria para uma experiência missionária antes de continuar seus estudos teológicos". "Pedimos a Deus que os dois reféns recuperem logo a liberdade", disse.

Tanto o padre Sanogo como o seminarista servem na Igreja de São Lucas em Gyedna, na área do governo local de Paikoro, no centro-norte do Estado do Níger.

Um representante da polícia do estado do Níger, segundo informou a agência Fides, serviço noticioso das Pontifícias Obras Missionárias, confirmou o sequestro e recomendou que os outros membros do clero na zona tenham muito cuidado enquanto acontece a busca correspondente.

O arcebispo de Mbeya, dom Gervas John Mwasikwabhila Nyaisonga, que ocupa o cargo de presidente da Conferência Episcopal da Tanzânia (CET), destacou mais uma vez "a necessidade de defender os valores fundamentais dos direitos humanos". Ele também disse que a Igreja apoia as tentativas diplomáticas destinadas a garantir a libertação total dos indivíduos sequestrados.

2023-08-09 News